sexta-feira, outubro 21, 2005

Som na caixa,

















(Felipe um dos meus príncipes)
Cantem com a Marrom...

Meu Ébano
by Neneo/Paulinho Rezende

É, você um negão de tirar o chapéu
Não posso dar mole senão você... créu
Me ganha na manha e babau,
Leva meu coração
É, você é um ébano, lábios de mel
Um príncipe negro, feito a pincel
É só melanina cheirando a paixão
É, será que eu caí na sua rede e ainda não sei
Sei não, mas tô achando que já dancei
Na tentação da sua cor
Pois é, me pego toda hora querendo te ver
Olhando pras estrelas pensando em você
Negão, eu tô com medo que isso seja amor
Moleque levado, sabor de pecado, menino danado
Fiquei balançada, confesso, quase perco a fala
Com seu jeito de me cortejar,
Que nem mestre-sala
Meu preto retinto, malandro distinto,
Será que é instinto
Mas quando te vejo enfeito meu beijo, retoco o baton
A sensualidade da raça é um dom
E você, meu ébano, é tudo de bom!!!

3 comentários:

Guilherme disse...

Oi Elizabeth,

Tudo bem? Cheguei aqui através do "Síndrome De Estocolmo" e achei o teu "about me" uma comédia!!!
Eu nasci em BSB e apesar de ter sido criado no Rio nunca gostei de samba; era como café, me obrigavam a tomar quando eu era pequeno e, por conseqüência até hoje não gosto. Mas, como morar em terra estrangeira nos muda pelo menos um pouco, eu hoje sou muito mais tolerante com tudo que vem do brasa e de uns tempos p/ cá, comecei a apreciar a beleza e a poesia do samba. Esse da Alcione é DUCA! A letra, a música, a manifestação política fortíssima disfarçada de "oba-oba", enfim, tudo.
Muito obrigado.
Bjs,
Gui.

Anônimo disse...

Oi Felipe,
Que tal se eu mando o número do meu telefone??????????

Anônimo disse...

Essa musica da marron realmente é muito boa...me fala como vc foi parar ai na Suecia? to gostando de tudo que leio aqui..no seu blog.
abraços
Edson
Sao Paulo
jose_9572@hotmail.com