domingo, março 19, 2006

No Supermercado



















Sempre fui muito de conversar sobre tudo com os meus filhos. Na época em que Felipe começou a ter sexo, expliquei a ele a importancia de usar a camisinha, para se precaver de doenças e acima de tudo para evitar que a Neguinha aqui virasse avó tão jovem.
Uma vez estava com algumas amigas no supermercado e ao chegar no caixa notei a quantidade enorme de camisinhas a venda. Pensei no Felipe e peguei alguns pacotes. Como não entendo do assunto comecei a conversar com a mocinha da caixa, pois queria o melhor preço, qualidade , quantidade e se possível aquelas cheinhas de sacanagens, como cheirinho, cor neon, vaselina e tudo que se tem direito.
A fila estava enorme, mas isto não estava me preocupando, continuei na minha pesquisa.
Enfim paguei e me fui, só então notei que as minhas amigas tinham me deixado por lá sózinha, pois estavam com vergonha de mim... Posso?
Elas ligaram- me depois rindo da minha cara e afirmando ser a última vez que entraram comigo em um supermercado. Por nem um momento pensei no fato de todos estarem achando que as tais eram para mim, como elas afirmaram. Mas se fosse e dai? Será que elas nunca usaram?
Bom no final das contas foi Felipe que ficou super feliz com o presente.

11 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

kkkkkkkkkk,
Já fiz isso também, logo que lançaram as com sabor eu comprei pros meus filhos e todos no caixa ficaram me olhando com cara de bobos,rssssss
Minha querida,eu estou sempre apaixonada[sobre seu comentário lá em casa]
Linda semana,
beijossssssssssss

Jannine L'Amour disse...

Muito boa essa do supermercado, eu tb não ligo não, acho a cois a mais natural do mundo!!!!! Olha, eu não quero me meter, mas o Denzel é tudo de bom...eita homem lindo!!!!!!!! beijos e Recife lhe espera, viu?!

Lucia Villa Real disse...

Eu fico impressionada com essas "vergonhas" das pessoas.

Sonho Meu disse...

Eu sou um tipo de mae igual vc é. Eles(as minhas crianças), nunca foram enganadas com a historinha da cegonha. Falava de sexo com eles numa boa e até hoje ainda falo. Tambem comprei camisinhas e levei minha filha no gineco pra pedir anteconcepcional. Nao consigo entender como algumas pessoas tem vergonha de tocar nesse assunto com os filhos. Devemos educar os filhos para o mundo, mostrando a vida como realmente ela é.
Bjos,
ME

Flávia disse...

Camisinha, anticoncepcional, absorvente (pior se for interno!), as pessoas morrem de vergonha de comprar, e os atendentes ficam só olhando sua cara, como se fosse uma aberração!
Ah, não tenho paciência.
Beijos

Telma disse...

Por essas e por outras, que sou sua fã,isso é que é,saber viver!TÁ muito certa,ninguém tem nada com a nossa vida.
Pois é Elisabeth, eu fico esperando uma vaga,mas só estaciono na mesma entrada.Quanto aos elefantes , sempre me dizem que dá sorte,eu os acho lindos.Qualquer dia eu boto as fotos no meu Blog.
Beijos

Betty Branco Martins disse...

Minha querida

Hoje ainda existe esse tipo de tabu, até parece impossível. mas é verdade!

Beijinhos

Sheherazade disse...

Liga não, Beth! Eu tô cansada de compra camisinhas numa quantidade tão absurda, pro meu filho, que percebo nas pessoas aquela pergunta latente: "Pôxa! Será que essa mulher trepa tanto assim?" ... E adoro (pelo menos faço o meu "agá", né não?).

Ó: Tem um recado lá no meu blog pra ti. O desafio tá lançado ... quero ver sinceridade, viu?

Bjssssssssssssssss

valter ferraz disse...

Beth, e não sobrou nenhuma prá fazer doação?ehehehe
Aqui a gente retira no Posto de Saúde, de grátis. Eu e a ana gostamos muito de usar, melhora o rendimento, e é mais higiênico.
Ah! se eles soubessem o que eu sei...

abraço

É assim que eu sou disse...

É isto aí Beth, não basta ser mãe, tem que participar, ou melhor tem que ajudar, ou ainda quase ajudá-los para que não façam bobagens.
bjs

valter ferraz disse...

beth, dá uma força prá Ana, ela está tão triste por causa do erickinho, ô dó!

abraço