quarta-feira, março 08, 2006

Viver nossas diferenças com direitos iguais!!

Dia Internacional da Mulher
As comemorações do 8 de março estão mundialmente vinculadas às reivindicações femininas por melhores condições de trabalho, por uma vida mais digna e sociedades mais justas e igualitárias. Essa luta é antiga e contou com a força de inúmeras mulheres que nos vários momentos da história da humanidade resistiram ao machismo e à discriminação.

Minha homenagem a todas as Mulheres, Mães e sobreviventes


















Nasci dura, heróica, solitária e em pé.
E encontrei meu contraponto na paisagem sem pitoresco e sem beleza.
A feiúra é o meu estandarte de guerra.
Eu amo o feio com um amor de igual para igual.
E desafio a morte.
Eu - eu sou a minha própria morte.
E ninguém vai mais longe.
O que há de bárbaro em mim procura o bárbaro e cruel fora de mim.
Vejo em claros e escuros os rostos das pessoas que vacilam às chamas da fogueira.
Sou uma árvore que arde com duro prazer.
Só uma doçura me possui: a conivência com o mundo.
Eu amo a minha cruz, a que doloridamente carrego.
É o mínimo que posso fazer de minha vida: aceitar comiseravelmente o sacrifício da noite.
Clarice Lispector

19 comentários:

Denise Arcoverde disse...

LINDÍSSIMO!!!!!!!!!

Obrigada, querida!

Márcia(clarinha) disse...

Clarice iluminada retratando o que é ser Mulher!!
Feliz dia minha querida Beth!!!
beijosssssssssss

Patrícia disse...

FELIZ DIA DAS MULHERES!!!

Você, eu, nós, merecemos esse dia:)

Beijinhos

Ah! Adorei o post viu.

É assim que eu sou disse...

Beth parabéns prá vc e prá todas nós que somos parapeito, apoio, esteio enfim somos o que precisamos ser, depende da hora local e necessidade, bjs

denise disse...

"É o mínimo que posso fazer de minha vida: aceitar comiseravelmente o sacrifício da noite." Embora digamos que não, estamos sempre lá, dispostas, resignadas às vezes, outras, combativas, mas firmes, sempre mulheres de fibra.
beijo, menina

Jannine L'Amour disse...

Que post lindo Beth!!!! Parabéns pelo dia de hoje e pela mulher linda que vc é. Cheiro.

Brazilian Linda disse...

Oi! Parabens voce tambem! Muito lindo post! Meu computador não esta funcionando de novo, entao por enquanto eu naão posso escrever.
Mas já já eu estou de volta!
ate logo! Beiju!

Lucia Villa Real disse...

Feliz Dia para todas nós!!!
Beijos

Roseane disse...

Elizabeth linda poesia,parabéns pelo nosso dia! Que seu dia seja maravilhoso!

celia disse...

Muito bonito a poesia Beth. Tenha um dia bem especial. Bj

Iza Varejão disse...

Lindo seu post.
Parabéns!!!
Parabéns pra nós mulheres.
beijos

Betty Branco Martins disse...

Olá Preta

Obrigada pela tua visita, Espero que voltes sempre :)

Já dei uma voltinha pela tua "casa" parabéns por ela :) é linda.

Vou voltar com toda a certeza

Linda homenagem que fizeste à mulher.

E sem dúvida que Clarice Lispector foi um grande mulher.

"Entre duas notas de música existe uma nota,
entre dois fatos existe um fato,
entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
existe um intervalo de espaço,
existe um sentir que é entre o sentir
- nos interstícios da matéria primordial
está a linha de mistério e fogo
que é a respiração do mundo,
e a respiração contínua do mundo
é aquilo que ouvimos
e chamamos de silêncio".

(excerto do poema "Dá-me a tua mão" da poetisa Clarice Lispector.


Beijinhos

E que este dia seja todos os dias!

Janaina disse...

Lindo poema!Feliz dia das mulheres para vc Beth!
Obrigada pela visita ao meu novo blog...o weblogger vive fora do ar eu perdi a paciência...logo depois que abri esse blog no uol,adivinha o que aconteceu??O weblogger voltou...Typisk:(

Daniela Mann disse...

Venho desejar-lhe um excelente dia da mulher, hoje e sempre...
Um abraço amigo,
Daniela.

Maitê disse...

Felicidades pelo dia da mulher!!!

drika4ever disse...

linda homenagem, linda!! e cada vez mais me convenço de que as mulheres são sobreviventes, viu!!

bjão pra vc e parabéns pelo seu dia!

DriScully disse...

E viva nois!!!

Bjs

luma disse...

Adoro esse texto de Clarice! Beijus

Sonho Meu disse...

Feliz Dia Int. da Mulher, ontem, hoje e sempre.
Beijos,
ME