terça-feira, agosto 08, 2006

Saudades


Quem visita a Meiroca sabe da felicidade que ela estava com a visita da prima a pouco tempo atrás . Pois bem fui de lá parar no blog da Magui (05/08/2006 ), que escreveu um post muito legal sobre este assunto.
Ela expressou muito bem a falta que sentimos de amigos e parentes quando decidimos deixar tudo para trás para nos aventurarmos por outras terras distantes.
Antes eu tambem ficava na espera do carteiro, esperando notícias da familia no Brasil (na epoca não tinha pc e as contas de telefone eram absurdas).
Uma vez desisti de esperar e cai na real, afinal a vida de meus amigos continuava a mesma, com certeza eles não sentiam a minha falta, meus irmãos e sobrinhos eram tantos que com certeza nem notavam a minha falta. Bom o negócio foi seguir em frente fazer novos amigos para preencher o espaço vazio.
Mas até hoje não me conformo em receber e-mail tipo besteirol com piadas e culturas inutéis, correntes a serem passadas adiantes e nenhuma notícia de nascimento , falecimento ou um simples :
_ Alô, como vai você...
Mas aprendi a conviver com isto.

6 comentários:

Luz disse...

Quando cheguei de França a Portugal, deixei lá a maior parte da minha família. Vim estacar numa "Terra de Ninguém", não conhecia uma única alma, pois era onde meu ex-marido nasceu...
Quando ouvia as pessoas dizerem: Faz 15, 20 e por aí fora que não vêm os parentes... Eu pensava: Meu Deus, como é possível viver sem ver seus familiares, que falta de amor é esse!?
Lá em França éramos muito unidos.... desconhecia o sentimento da "Ausência da Família".
Acho que Deus me castigou, por eu criticar os outros... pois fiquei longe de todos e de tudo, a família evaporou-se...
Por isso, fiz muitos filhos, criei minha própria família, embora tenho 2 deles casados vivendo no norte, eu estou no Algarve, estamos sempre em contacto.
Minha mãe, irmãs e irmão vivem nos USA, mas graças a NET, parece que estamos sempre juntos.
Perdi minhas primas que eram como irmãs, minhas tias que eram como mães. E desde que minha avó paterna foi para o céu (pelo menos ela pensava ir para lá)... deixei de visitar a família, era sempre eu que fazia a viagem... agora deixei de esperar por eles e digo para mim mesma: caguei e andei! Quer dizer já não me chateio com isso...

Beth a vida é por vezes esquisita, né! Eu posso ser uma irmazita para você?

Beijo grande

É assim que eu sou disse...

Bete querida, quando minha mãe estava viva, todos eram muito unidos, e eu dizia a ela, que quando ela fosse embora, eu sabia que a familia ia se acabar.
Ao que ela me pedia, que não deixasse isso acontecer.
Eu nem saí do país heim? Só da cidade, uma vez por ano,ou de cada dois anos, vou visitá-los.
Mas aqui na minha casa, só um de meus sete irmãos vivos vem me ver.
O pior, quando chego lá, vejo que eles que moram na mesma cidade, veêm-se menos que eu proporcionalmente à distância que estou.
Paciência, sou como minha mãe, dou muita importância à familia. E à vc tb viu?
Beijos.
Ah! vou ver a Magui tb.

Anônimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! »

Anônimo disse...

What a great site clip g35 infiniti video Hotel de la tour d'auvergne bextra reaction

Anônimo disse...

That's a great story. Waiting for more. August the pornstar meralgia paresthetic neurontin neurontin from canada C vue contact lenses Image fisherman on lake tanganyika.jpg taking venlafaxine for some time Operating expensese for running a daycare 50 e50a10 in kdf lcd sony television neurontin patient assistance Time+share+information who makes neurontin

Anônimo disse...

This is very interesting site... video editing programs