quarta-feira, novembro 08, 2006

Possível

O Léo começou um projeto chamado "Sonho Possível" no qual ele pede para as pessoas escreverem sobre seus sonhos realizáveis. Léo convidou a Cynthia, que convidou a Regina que por sua vez me convidou.
Peço desculpas a Regina por ter demorado tanto mas não sei o que se passou na minha cabeça quando escrevi meu horário de trabalho deste mês pois coloquei somente plantões a noite e com isto meu tempo livre fica Zerado, mas como diz o ditado "Antes tarde do que nunca"
Nunca parei para pensar muito sobre sonhos, sou como meu pai, vivo todo dia como se fosse o ultimo e isto muitas vezes fica semdo meu lado negativo, pois nunca tenho tempo de planejar demais.

_Sonho não realisado:

(Graças a Deus senão já estaria atrás das grades)
Quando criança sonhava em virar Robin Wood, roubar um caminhão da Estrela e virar Papai Noel durante uma noite entre as crianças pobres do bairro.


_Sonho realisado:
O sonho da minha mãe era de ter uma casa própria com jardim, sonho que ela morreu sem realisar pois não dependia somente dela. Bom tenho casa própria, apesar do trabalho que me dá neste clima daqui, a mantenho acho que mais para de alguma forma realisar o sonho de minha querida mãe. (muitas vezes juro que prefiro um apartamento).

O sonho de ter uma filha, depois de ter tido três filhos e de ter ligado as trompas, fiz um nova cirurgia religuei e aqui esta a Lotta para provar que tudo é possível. Me dando trabalho, alegrias mil e muita despesa agora que esta entrando na fase da aborrescencia.

_Sonhos possíveis:
Conhecer Madagascar, acho que pela canção do Olodum que eu amava nos anos 80.
Ir a um show da Maria Bethania, que nunca vem por estas bandas daqui e eu quando estou no Rio nunca é em epoca de show dela por lá.
Gostaria de adotar crianças orfãs ter meu próprio orfanato dentro de casa. Meu lado positivo é que adoro crianças e posso amar aos filhos do vizinho tanto quanto aos meus próprios filhos.
Sem diferenças trato a todas as crianças com justiça e dou razão as que tem razão. Do mesmo modo que brigo e me zango com os que fazem algo errado. Mas para isto preciso voltar ao Brasil, espero que não esteja então muito cansada até lá.

Gostaria de convidar a Aninha, a Luz a Elena e a Meire para compartilharem seus sonhos.

8 comentários:

Luz disse...

Amiga Beth
Boa ideia a tua, falarmos dos nossos sonhos, pois eu estava sem ideias para escrever... quero dizer tenho muita coisa em mente, mas esta que você propõe é fácil e divertida.
Quanto aos seus sonhos, Deus vai ajudá-la, até porque a Elizabeth não pede nada de mais.
Bigada e Beijos!

Meire disse...

vIXE, FALAR DOS MEUS SONHOS... qualquer eu falo e te chamo pra ler.
Bjs

marconi leal disse...

Lindo o desejo não realizado, Elizabeth. Realmente emocionante. Beijos.

Vi disse...

Ei que coisa bonita que é sonhar.

Eu vim aqui conhecer sua casa, lá do Amigo Secreto da Meiroca. Adorei aqui e o jeito tranquilo de postar.
Parabéns e beijocas

Sonho Meu disse...

Oi querida,
ja aceitei o teu convite pra contar meus sonhos. Passa lá pra conferir.
bjos,
me

O Meu Jeito de Ser disse...

O convite está aceito.
Assim que postar te aviso.
Estou meio enrolada esses dias, mas estou feliz. Vc disse que vai ligar, este final de semana, aí eu te conto, porque aqui não dá, eu escreveria um post por vc.
Têm grandes novidades.
Um beijo

Jota Effe Esse disse...

Analisar os sonhos reais é uma forma de se fazer descobertas, já os sonhos inventados, sonhados, realizáveis ou não, são a mola que nos impulsiona. Beijos.

valter ferraz disse...

Beth, eu tava lendo os posts anteriores. Fala sério, que brincadeirinha essa de subir em morros cheios de neve. Brrrrr que frio!
olha nesse negócio de sonhos não sou bom não, acho que todos são irrealizáveis. Vivo mais com o pé no chão mesmo, mas respeito quem os tem.
Grande abraço prá você
(Só ´para te dar inveja: hoje aqui na praia tá um calorzão daqueles)