sábado, dezembro 16, 2006

Ó Poderosa Santa Rita

Santa dos Impossíveis, advogada nos casos desesperados, socorro na última hora venha a meu socorro pois pirei de vez.

Primeiro achei que fosse uma dessas pegadinhas da tv, alguém afim de ganhar dinheiro as minhas custas, mas depois vi que não.
Pois é como vocês sabem ando tendo papo com o Todo Poderoso. Confesso que comi uns bombons de licôr oferecidos por uma das velhinhas do asilo, mas filha de alcoolatra como sou achei que o organismo pudesse tolerar muito mais antes de me pregar peças.
Estava eu relaxando na banheira tomando um banho de espuma e sais, quando ouvi alguem batendo de leve na porta. Como estava certa que fosse a Lotta que nunca me deixa em paz mandei que entrasse. A sorte é que a espuma cobria meu corpo nu pois lá estava ele outra vez .
_O que você acha da vida familiar? foi a sua pergunta desta vez.
Fazendo o sinal da cruz pedi a Deus que me fissese acordar do sonho.
_Poderia se você estivesse dormindo, mais você está na banheira tomando banho.
Achei melhor não brincar por vias das dúvidas pois se aquele homen não era fruto da minha imaginação podia certamente ler meus pensamentos.
_A Luz mandou que te servisse um cafèzinho ou quem sabe um suco, foi a minha resposta tentando ganhar tempo para pensar...
_A ela tambem costumo visitar, boa menina mas as vezes um pouco difícil. Agradeço a gentileza mas fica para outro dia mas voltando a minha pergunta.
_Acho uma coisa meio falida, da pré história afinal hoje dia filho morar com os dois pais é coisa rara.
Quem quer viver numa chatice que significa uma familia ideal quando se pode viver entre neuróticos como mostram nos programas de tv ou você ainda não assistiu por exemplo "The Osbournes".
Ele não respondeu mas pelo olhar notei que minha resposta estava longe daquela que ele queria ouvir.
_Na verdade não sei o que pensar, hoje em dia não se lutam mais por esta vida de familia ideal é muito mais fácil colocar esses valores para trás e tentar outra vez. Nós na grande maioria nos achamos cabeças feitas, donos dos nossos narizes e da verdade, correndo atrás de dinheiro e fama até que chega o natal, hora dos encontros de familiares, hora de pensar nos pobres, repensar na vida e arrepender-se de erros , vícios e traições.
Irritada com a situação e desejando a sua partida, resolvi jogar duro e usei ton irônico.
_Mas não creio que seja motivo para nós nos envergonharmos ou vai me dizer que José, Maria e Jesus formavam uma familia ideal? com você num canto da história é bom lembrar...
_Onde você quer chegar foi o que ele disse mas já sabendo a minha resposta.
_Não era José o padrasto de um menino Jesus bastardo, filho de uma mocinha virgem chamada Maria?
Fiquei a espera de raios e trovões, mas o que recebi foi calma e um olhar de compreensão.
_É realmente o que você pensa?
_Não preciso acreditar em nada; ou que tudo isto seja verdade e nem ao menos comprar esta história não serei a única...
_Como não precisa acreditar em papai Noel e que este mora no polo Norte?Dei uma pausa e depois continuou:
_ Talvez ele seja um tipo Don Juan, nascido e criado na Costa do Sol com um eterno bronzeado, tatuagem no peito, que ama um chopp, viciado em poker e chat da internet?.
E lá se foi ele de novo, não sei se desta vez por raiva ou por me achar um caso perdido, mas deixou-me a sensação que em breve estará de volta.

7 comentários:

Luz disse...

Beth
Esse Sujeitinho danado, vá lá… bateu na porta!
Anda mesmo persistente.

Logo no meu primeiro texto do meu blog digo:
Se o meu avô não tivesse fornicado a minha avó… Certamente eu não estaria aqui.
E se a Lilith/Eva não tivesse desobedecido a Deus, por causa da maldita maçã, como seria o nosso mundo hoje? Melhor ou pior?...
Eis a questão!

blablabla… blablabla…
blablabla… blablabla… E Deus Pai Omnipotente, quê d'Ele?
Já pensaram bem? A Sagrada Família é composta por: uma mãe solteira, um padrasto e um pai incógnito... pois, parece que ninguém o viu.
Blasfemo tanto, que qualquer dia... não sei não... Não vai o Gajo aparecer assim do nada, lançar-me um raio de trovoada e colocar-me no churrasco das chamas do inferno.

blablabla… blablabla… blablabla… blablabla…

Pois é, grão de poeira, somos todos nós...

Luz disse...

Ah!
Beth, tudo isto para lhe dizer, e esqueci-me, nós temos uma "onda" parecida!

Beijo, Amiga

O Meu Jeito de Ser disse...

Ai, ai, ai. Será que é a proximidade com o Natal, que deixa neguinha pirada?
Antes, se falava, que o maior problema de um casal, era a mulher querer discutir a relação e o homem não.
Agora, o "todo poderoso" entrar no banheiro para saber opinião sobre família?
Hum! acho realmente que o licor do bombom estava vencido.
Beijos querida.

valter ferraz disse...

Eu tô falando que Deus protege os loucos e os hereges. Tou certo disso, por que senão como Êle iria se divertir? Administrar essa joça de mundo deve ser um porre mesmo.
ps: Estou convicto que aquele suquinho estava batisado, ah tava sim!

Naeno disse...

É a primeira vez que venho ao teu blog. E minhas intensões continuam sendo, mas eram mais explícitas, vinha te trazendo uma uma canção de natal que eu eu fiz, mas ao tentar linkar, perdi.

Mas vale o beijo que estou deixando, uma vontade de que Deus te proporcione um Natal maravilhoso junto com todos os teus, e um ano, dede novo até ficar velho, todo, todo ele muito bom.

Um beijo

Naeo

Preta disse...

Oi gente,
Pode ser que ando com falta de servico e muito tempo para pensar asneiras, minha mãezinha deve estar se virando no tumulo.

valter ferraz disse...

Beth, agora já sei o por quê dos sonhos. Era o teu pai, né?