quinta-feira, março 08, 2007

Dia Da Mulher

Ela
ela gostava de tocar na história
queria sempre mergulhar profundo
cheirar feito flor
voar como borboleta
ela gostava de tocar o sol
queria sempre derreter o gelo
ela gostava de tocar profundo
queria sempre mergulhar na história
subir em nuvens
vestir arco iris
ela gostava de tocar as nuvens
queria sempre mergulhar na lua
luzir como estrela
piscar feito vagalume
Clarice GE
Para mim o dia da mulher ( a maioria), é praticamente todos os dias do ano. Não tem finais de semana, férias ou feriados que nos afastem da tarefas de ser mulher. Mas no Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU.
Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.
O meu maior desejo é de que um dia todas as mulheres possam ter total liberdade de escolher o melhor para si próprio, pois aqui mesmo na Suécia o que se morre de mocas de suicidios ou assassinadas pelos próprios familiares por negarem a casar-se obrigadas com homens escolhidos pelos pais.

Para você querida amiga Luz http://graodepoeira.blogspot.com/, aniversariante do dia

Sou mulher,
com as aflições e a inspiração do poeta,
o esplendor e a serenidade...
das mães!
Sou uma canção de ninar!
Experimentadora dos sabores do tempo...
Estrela da constelação familiar.
Sou letra e música da canção
do mais puro sentimento,
que a mulher é capaz de cultivar.
Sou feita com a síntese
do segredo de amar!
Tenho duas fases: minguante e cheia,
assim como o luar!
de Ivone Boechat

Tenham todas um Bom Dia,
O meu será na cama ainda me convalescendo da gripe que peguei. Mas a males que veem para o bem pois Felipe e a namorada que voltaram do Brasil teem feito jantares deliciosos para a família e eu nem sabia que ele cozinhava tão bem.

4 comentários:

Miguel disse...

Beth, passei para te ler e te dar um caeinhoso beijo neste dia que é todo teu.

Luz disse...

Louvadas sejam todas as Mulheres e a Elizabeth muito bem o fez com seu magnifico post.

Obrigada por se ter lembrado do meu aniversário… (eu sou uma destrambelhada, lembro-me sempre dias depois dos outros fazerem anos. Nem a vergonha ou embaraço me salvam).

Tá com gripe!!!! Que chato! Mas logo logo vai ficar boa.
Bom, se calhar, você vai prolongar a constipação para continuar a saborear a papinha gostosa que faz sua “norinha!...

Beijinhos, beijinhos e as melhores

Denise Arcoverde disse...

Lindo, Beth! muito lindo!

E obrigada, querida, por participar da blogagem!

Beijao!

Consultora em Educação disse...

Sou mulher
Sou mulher,
com as aflições e a inspiração do poeta,
o esplendor e a serenidade das mães!

Sou uma canção de ninar,
experimentadora dos sabores do tempo,
estrela da constelação familiar!

Sou letra e música da canção
do mais puro sentimento
que a mulher é capaz de cultivar!

Sou feita síntese do segredo de amar,
tenho fases minguante e cheia,
assim como o luar!
Ivone Boechat(autora)