domingo, setembro 18, 2005

A Morte

A Morte é a coisa mais segura e firme que a vida inventou até agora


No meu trabalho estamos sempre com a imprensão que a senhora Morte está por perto.
É como uma Estação Final, idosos que morrem e outros que chegam para por lá esperar pela morte. O quando muitas vezes ela pode ser um alívio.
Tem um senhor de 92 anos que é cego. O que ele mais gosta é de poder caminhar, mas quando faz isto acaba batendo em todos os móveis a sua volta e acaba não chegando a parte alguma ( o que o deixa muito deprimido). Hoje quando ia ajuda-lo ir ao banheiro ele perguntou- me se não podia ajuda-lo a buscar a morte pois já estava cansado de viver, é claro que a resposta foi não , que ele ainda tinha muito o que viver e blá, blá, blá...
Ao mesmo tempo temos uma senhora que está incomunicável de cama a 8 anos. Ela come e bebe através de uma sonda na barriga e tem problemas sérios com tanta saliva e gosma, pois vive a se sufocar com isto. O pior é que toda vez que ela está para se sufocar a primeira reação é a de salvá-la , mais muitas vezes me perguntei se o melhor para ela não seria que nós saissemos do quarto e a deixassemos descansar de vez. Mas como não acredito que ninguem tenha esse direito, pedindo a Deus e ajudando-a de volta a vida toda vez que a Senhora Morte se aproxima...
Aquilo que verdadeiramente é mórbido não é falar da morte, mas nada dizer acerca dela, como hoje sucede. Ninguém está tão neurótico como aquele que considera ser neurótico decidir-se a pensar sobre o seu próprio fim. (Philippe Ariès)

Um comentário:

teka disse...

Simplesmente sem palavras.. Nao sei se daria para trabalhar em um lugar assim.. Estou emocionada.. bjao!