terça-feira, outubro 04, 2005

Não tenho o que fazer...


Minha filha Lotta se não tem amiguinhas aqui em casa passa o dia reclamando "que não tem" ou "não sabe" o que fazer.
Por onde anda a fantasia das crianças hoje em dia?
Eu brincava de roda, de pular cordas, de inventar estorinhas, recortar bonequinhas de papel, fazer comidinha de barro, fazer chapéu de jornal e até concurso de quem escrevia de 1 a 1.000 mais rápido já brinquei.
Minha filha tem brinquedos que daria para abrir uma loja e ainda assim não sabe o que fazer...

Um comentário:

Janaina disse...

É assim mesmo com a minha é a mesma coisa,acho que nossa infância era mais feliz...Ontem eu estava assistindo um progama bem interessante no globo reporter,que falava sobre o aumento dos jovens de classe média e alta no Brasil que estão roubando ou traficando drogas e entre várias coisas foi mencionado que os jovens que as vezes tem tudo não dão o devido valor para conquistar as coisas e isso somado a ausência dos pais que trabalham muito/ou superprotegem os filhos poderia ser um fator que desencadeia o uso da droga ou roubo,é uma situação complexa e para nós que somos mães é algo a se refletir...